Inicial Câmara Proposições Notícias Projetos Contas Públicas Legislação Fale Conosco
História
Estrutura
Notícias
Período Legislativo
Comissões
Regimento interno
Atas e anais
Criação de Lei
Localização
Legislatura Atual
Mesa Diretora
Eleição da Mesa
Suplentes
Tribuna
Comissões
Atribuições
Subsídios
Líder da Bancada
Ordinárias
Solenes
Extraordinárias
Ex-Presidentes
Ex-Vereadores
Cargos e Remuneração
Diárias

 

 

 

 

 

 
 

20/06/2018

Câmara realizou homenagem aos 50 anos da Escola Edison Quintana

A Câmara Municipal de Vereadores de Ibirubá realizou na noite de segunda-feira (18) sua 11ª Sessão Ordinária do ano, a qual contou com importante homenagem ao cinquentenário da Escola Estadual de Ensino Fundamental Edison Quintana. A homenagem foi realizada em atendimento ao Requerimento de nº 004/2018, de autoria dos vereadores Henrique Antônio Hentges, Dácio Azevedo Moraes, Dileta de Vargas Pavão das Chagas (vereadora licenciada), Jaqueline Brignoni Winsch, André Oliveira Ferreira, Giovani Moacir Diesel e Vagner Oliveira.

A comunidade escolar, através da Diretora Marleide Breitenbach, juntamente com alguns professores e colaboradores (ex e atuais), prestigiou na noite uma belíssima homenagem, levando em seus corações diversas palavras de otimismo e alegria de cada vereador (a) ibirubense.

Um pouco da história da Escola Edison Quintana

 - Em 1966, moradores da Vila Planalto reivindicaram ao então Prefeito Olavo Stefanello a construção de uma escola, devido ao grande e avançado crescimento demográfico naquela região da cidade;

- Na época, no atual local onde funciona a escola estava sendo construída a sede de um Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Rancho dos Tropeiros. No local, que até então era rodeado por mata nativa, os idealizadores do CTG não conseguiram concluir a construção do prédio. Então, o município assumiu a obra, realizando as devidas adaptações para que ali pudesse funcionar uma escola.

- Em agosto de 1966, portanto, iniciaram as atividades do tão sonhado Grupo Escolar da Vila Planalto, tendo como primeira Diretora Sidéria Maria Lauxen, juntamente com o auxílio das professoras Silvia Jung e Cleci Rosa Ferrari Cherini. O primeiro presidente do Círculo de Pais e Mestres (CPM) foi Brasil Rodrigues dos Santos, juntamente com sua esposa Dona Fausta, a qual era merendeira e faxineira na escola, onde permaneceu até 1997.

- Em abril de 1967, o prefeito Olavo Stefanello remeteu para a Delegada de Educação de Cruz Alta, a Professora Marina Glashesrter, os dados biográficos do jornalista e professor Edison Quintana, apresentando sugestão para que seu nome fosse adotado junto ao educandário. Esta homenagem foi sugerida por familiares e amigos de Edison, em demonstração pelo belo trabalho desenvolvido por ele em prol da educação no município na década de 1950.

- Em 1968, através do decreto de criação nº 19113, de 17 de junho de 1968, a escola foi reconhecida como estadual. E, em 13 de agosto de 1969, através do decreto nº 19818, passou a denominar-se Grupo Escolar Edison Quintana.

- Em 1978, através do decreto 26893, de 11 de abril de 1978, a denominação passou a ser Unidade Estadual de Ensino Edison Quintana. E, em 1992, através da Portaria nº 1390, foi autorizado o funcionamento de sétima e oitava séries na escola, ficando assim designada como Escola Estadual de 1º Grau Edison Quintana.

A noite contou também com a leitura e deliberação da ata anterior, leitura dos ofícios recebidos e expedidos, leitura das Indicações de nº 117 até 121 e leitura e deliberação do Requerimento nº 031/2018 (aprovado por unanimidade). Após, a sessão foi suspensa por alguns minutos em atendimento a um Ofício expedido em nome do Vereador Silvestre Antônio Rebelato para o Presidente Vagner Oliveira, solicitando espaço durante a sessão para que colaboradores (as) ligados à Saúde do munícipio pudessem fazer sua explanação referente a assuntos pertinentes à Pasta. Porém, não havendo a participação dos mesmos, os vereadores debateram a situação e explanaram suas devidas opiniões acerca do assunto.

Além disso, foram realizadas as leituras de dois projetos, ambos baixados para suas respectivas comissões:

- PL Municipal nº 023/2018, o qual autoriza o Poder Executivo a conceder Direito Real de Uso de imóvel do Município a Gabriel Trein e dá outras providências;
- PL Municipal nº 024/2018, o qual autoriza a concessão de imóveis às famílias em situação de vulnerabilidade social incluídas no Cadastro Único e devidamente aprovadas pelo Conselho Municipal de Habitação.

Na sequência, também foi realizada a leitura dos Pareceres e votação do Projeto de Lei Complementar nº 008/2018, o qual dispõe sobre a cobrança de Contribuição de Melhoria na execução de obras públicas nas ruas Flores da Cunha, Rui Barbosa e Travessa Picos (aprovado por 7 votos a favor e 3 contrários).

Ao final da sessão, aconteceu a Manifestação em Tribuna dos Vereadores (as). A próxima Sessão Ordinária acontece no dia 25/06, às 19 horas, na qual será realizada homenagem aos 25 anos do Grupo Alemão Die Lustigen.

 

 

 

 

 

 

DOE ORGÃOS, DOE SANGUE: SALVE VIDAS

Câmara Municipal de Ibirubá

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:
* Manhã: 08:00 às 12:00
* Tarde: 13:30 às 17:30

Rua Firmino de Paula, 780 - CEP 98200-000 - Ibirubá-RS
54 3324-1919     54 3324-3838      54 3324-4221
vereadores@ibiruba.rs.gov.br
geral@camvereadoresibiruba.rs.gov.br
camaraibiruba@yahoo.com.br